Porta-voz de UPPs assume que parte da Rocinha foi retomada por traficantes

Ele informou, após policial ser baleado durante operação, que crime domina Cachopa, Rua 1 e Rua 2

Por O Dia

Rio - O porta-voz da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), major Marcelo Corbage, informou ontem, após operação na Favela da Rocinha, onde um policial militar foi baleado na perna, que três localidades da região foram retomadas do poder de traficantes: Cachopa, Rua 1 e Rua 2. A operação, que contou com agentes da UPP local e do Batalhão de Polícia de Choque, faz parte do realinhamento operacional da política de ocupação.

Em linhas gerais, esta nova etapa prevê, além da pacificação de área onde ainda se registra a ação de traficantes, a melhor capacitação das tropas e o reforço no armamento. Ontem, na Rocinha, a operação visava checar informações do Setor de Inteligência da PM sobre a atuação do tráfico, além de apreender armas e drogas.

“Três áreas identificadas estavam em poder de traficantes na Rocinha. Eram locais onde havia muitos conflitos. Queremos retomar todo o Complexo da Rocinha”, comentou Corbage.

Rocinha terá cabines policiais blindadas e reforço do Bope e do ChoqueReprodução

Segundo ele, a Rocinha, que conta com mais de 700 policiais, terá apoio de forças especiais, como o Choque e o Bope, em situações de conflito. Ele disse ainda que vai substituir algumas cabines. “Vamos instalar cabines blindadas no Alemão, na Rocinha, na Maré e na Vila Cruzeiro, por exemplo. Na Rocinha há muitos ataques covardes que precisam ser evitados”, afirmou.

Na ação de ontem, um PM foi baleado na perna na Rua 1 durante intenso tiroteio. Ele foi encaminhado para o Hospital Miguel Couto e já recebeu alta. O policial é o terceiro a ser baleado desde sábado na Rocinha e o sétimo ferido por tiro neste período. Ontem, outro PM foi baleado na Fazendinha, no Complexo do Alemão.

Em razão da operação, uma escola municipal não funcionou, deixando 1.010 alunos sem aulas. Segundo a Secretaria municipal de Educação, o conteúdo perdido será reposto. Todas as escolas da rede estadual funcionaram normalmente.

Na ação, policiais prenderam um homem que foi identificado como Genilzo Maurício dos Santos, de 36 anos, que estava com um rádio transmissor. Ele havia deixado a cadeia na semana passada, segundo informações da polícia.

Agentes recuperaram oito motocicletas, apreenderam 31 pinos de cocaína, 24 trouxinhas de maconha e duas granadas caseiras. Todo o material foi apresentado na 11ª DP (Rocinha), onde o caso foi registrado.

Últimas de Rio De Janeiro