Acidente mata mototaxista e guardador de carros na Avenida Brasil

Menor de 17 anos que estava na garupa da moto está internado em estado grave no Hospital Getúlio Vargas, na Penha

Por O Dia

Rio - O mototaxista Darley Joventino da Costa, de 18 anos, e o guardador de carros Henrique Luis da Rocha morreram após o jovem atropelar o homem na pista lateral da Avenida Brasil, na altura da Penha, Zona Norte do Rio, no início da madrugada deste sábado. Com a violência do impacto, o corpo do guardador ficou dilacerado e o do rapaz agarrado à moto. O garupa, identificado como Juliano Azevedo da Silva, 17, ficou ferido e está internado.

O também guardador de carros e amigo de Henrique, Ivaldo José dos Santos, 67, contou que eles tinham descido do ônibus na Avenida Brasil, vindos do trabalho. Ao lado do ponto há uma passarela, mas a vítima decidiu atravessar a via expressa a pé. Ele acabou violentamente atingido pela moto Hornet 600 cilindradas, placa LQW-4284, pilotada por Darley.

Dois homens morreram e outro ficou ferido em acidente na Avenida Brasil%2C altura da Penha%2C na madrugada deste sábadoOswaldo Praddo / Agência O DIA

"Alertei a ele para não atravessar e usar a passarela, mas ele insistiu. Só ouvi a pancada. Trabalhamos juntos por 17 anos", lamentou Ivaldo, que ficou no local até a chegada da perícia e a remoção da vítima. A força do impacto dilacerou várias partes do corpo de Henrique. Ele era morador do bairro Penha Circular e seguia para casa.

Segundo uma testemunha que bebia cerveja em uma barraca próxima e preferiu não se identificar, com o impacto da batida, o motociclista tentou controlar o veículo. Juliano, que estava na garupa, no entanto, acabou caindo do veículo cerca de 50 metros após a colisão. Darley ainda tentou evitar a queda, mas também acabou caindo 100 metros à frente do amigo. Ele bateu a cabeça no asfalto, ficou agarrado à moto e morreu no local.

"A gente já o tinha alertado sobre a moto. Mas sabe como é jovem, né! É uma tragédia em nossa família", disse uma mulher que acompanhou a remoção do corpo no local e se identificou como tia de Darley.

Juliano%2C que estava na garupa%2C no entanto%2C acabou caindo do veículo após colisão. Darley tentou evitar a queda%2C mas também acabou caiuOswaldo Praddo / Agência O DIA

Ele e Juliano eram amigos e moradores da Favela Kelson's, próximo ao local do acidente. O menor está internado em estado grave no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. O trânsito no local do acidente na Avenida Brasil ficou parcialmente interditado por cerca de três horas. Agentes da CET-Rio e policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) ajudaram a orientar o trânsito. Peritos da Polícia Civil estiveram no local.

O registro do acidente foi feito na 22ª DP (Penha).

Mulher fica ferida em capotamento

Cerca de meia hora antes, um capotamento na pista lateral, sentido Zona Oeste da Avenida Brasil, na altura do Caju, na Zona Portuária do Rio, deixou uma mulher ferida. Ela sofreu ferimentos leves e foi socorrida por bombeiros do quartel do bairro para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. De acordo com o Centro de Operações Rio, a via chegou a ser interditada para o atendimento da vítima.

Últimas de Rio De Janeiro