Sargento da PM morto no Chapadão será enterrado nesta terça-feira

Fabio Sant’Anna foi emboscado por traficantes durante operação ontem. Policiamento segue reforçado na região

Por O Dia

Rio - O corpo do sargento da PM Fabio Sant’Anna de Albuquerque, de 37 anos, será enterrado na tarde desta terça-feira no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste. O sepultamento está previsto para as 15h30. O policial do 41º BPM (Irajá) foi morto em uma emboscada quando o Grupamento de Ações Táticas checava denúncias de que bandidos fugiram para a comunidade. Um suspeito morreu, e outros dois foram baleados. O policiamento na região segue reforçado nesta terça-feira pelo batalhão.

LEIA MAIS: Sargento da PM morto no Chapadão foi vítima de emboscada

Fabio integrava equipe de dez homens do GAT em incursão no Chapadão quando foi surpreendido por diversos bandidos na localidade do Lajão, por volta das 15h. Os PMs ficaram encurralados. Para resgatar o corpo do militar, o 41º BPM pediu auxílio ao Bope.

A operação começara de manhã, com a morte de um suspeito. De acordo com a PM, Marlon Saturnino Correa, 18, foi surpreendido na localidade do Tiradentes e não resistiu aos ferimentos. Uma pistola foi apreendida.

No local, Michael Douglas da Silva, 21, também ficou ferido no supercílio. Foram apreendidos radiotransmissor, granada, cocaína e maconha. Já o outro suspeito baleado foi identificado como Jean Wallace da Silva, de 23 anos, que, segundo a polícia, carregava uma pistola, um radiotransmissor, celular e 37 cápsulas de cocaína, além de carregadores e munição. O acusado teria reagido a uma abordagem na Rua Ministro Pedro Franklin. Ele foi levado para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes.

Os confrontos prejudicaram as aulas na comunidade. A morte de Fabio Albuquerque será investigada pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

Últimas de Rio De Janeiro