Dupla é detida com dentes banhados a ouro no Caju

Luiz Fernando dos Santos Constantino, 24, e Bruno Pires Ferreira, 21, afirmaram que compraram 'material' por R$ 60 a grama do metal precioso

Por O Dia

Rio - Uma ocorrência inusitada movimentou a 17ª DP (São Cristóvão), na madrugada desta sexta-feira. Luiz Fernando dos Santos Constantino, de 24 anos, e Bruno Pires Ferreira, 21, foram detidos por policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Caju com dentes e uma arcada dentária banhadas a ouro. Eles disseram que compraram de um homem e negaram terem violados túmulos no Cemitério São Francisco Xavier, vizinho à comunidade.

Dupla foi presa perto do Cemitério do Caju com dentes e uma arcada dentária banhadas a ouro. Eles alegaram que o 'material' foi comprado de um homemOsvaldo Praddo / Agência O Dia

De acordo com os PMs, eles patrulhavam a localidade conhecida como Vila Tiradentes, onde fica a base administrativa da UPP, quando suspeitaram da dupla. Em um saco plástico preto, os policiais encontraram os dentes e a arcada banhadas a ouro.

Na delegacia, Luiz Fernando, que disse ser funcionário de uma pizzaria, contou que os dentes foram oferecidos por um homem que vendeu o material por R$ 60 a grama. Eles pagaram R$ 1.620 pelas 27 gramas da dentição. Segundo a dupla, o objetivo era retirar o ouro para fazer alianças e correntes.

De acordo com a PM, Luiz Fernando e Bruno foram autuados por violação de sepultura. Eles foram liberados e o processo será encaminhado para o Juizado Especial Criminal (Jecrim). A dentição foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) para análise.

Últimas de Rio De Janeiro