Governo removerá famílias de áreas consideradas de risco em Petrópolis

Programa Morar Seguro, da Secretaria de Ambiente e do Inea, indenizará moradores atingidos pelas remoções

Por O Dia

Rio - O governo do estado removerá 39 moradores de uma rua do bairro Lagoinha, em Petrópolis, na Região Serrana, considerada área de risco. Elas receberão indenizações pelas remoções, que totalizam R$ 3,2 milhões. A verba que será utilizada faz parte do Programa Morar Seguro, da Secretaria do Ambiente e do Inea (Instituto Estadual do Ambiente).

O projeto, segundo o governo do estado inédito no país, prevê, além do cadastramento e indenizações, a demolição das casa após a saída dos moradores e o reflorestamento das áreas de risco. Já foram cadastradas 272 famílias das cerca de mil que deverão ser atendidas pelo programa.

A previsão para que os primeiros pagamentos sejam feitos é de 30 dias. O programa tem recursos de R$ 102 milhões, dos quais R$ 75 milhões do governo federal, e o restante de contrapartida do governo estadual.

Ainda segundo o governo, na Região Serrana também estão sendo atendidas famílias atingidas pelas enchentes de 2011. Já foram cadastradas mais de 2,4 mil famílias, das quais 827 receberam indenizações que totalizaram R$ 48 milhões.

Últimas de Rio De Janeiro