Câmara Metropolitana quer tarifa única de transporte público na área

Diretor do órgão diz que futura agência, que reunirá municípios, se mobilizará para isso

Por O Dia

Rio - A Câmara Metropolitana de Integração Governamental quer viabilizar uma tarifa única para os transportes públicos em toda a Região Metropolitana do Rio. A afirmação é do diretor-executivo do órgão, Vicente Loureiro, que explicou que a mobilização em torno de maior integração tarifária deve começar assim que forem definidas as regras de criação da Agência Metropolitana e da participação dos representantes dos municípios no novo órgão.

Segundo ele, o grupo poderá definir quais avanços e medidas serão adotadas para o transporte na região. “São desafios que vamos ter que cumprir: integrar os transportes fisicamente e ‘tarifariamente’. Precisamos de uma tarifa unificada para municípios e Região Metropolitana”, disse nesta segunda-feira Loureiro, durante o Fórum Metropolitano da Sustentabilidade, realizado pela FGV Projetos.

Também no evento, o coordenador do Plano Diretor de Transportes Urbanos da Secretaria Estadual de Transportes do Rio, Newton Leão, concordou com a importância de se ter uma tarifa única nesses municípios. “A gente tem que ter uma visão de tarifação homogênea ou integrada para que possamos tratar de maneira igual todos os cidadãos. O cidadão de Nova Iguaçu, assim como o da Zona Oeste carioca, vem trabalhar no Centro do Rio, e seria interessante que fosse uma tarifa justa pra todos”, alegou.

Ele sugere que também seja criado um bilhete único para toda a região. Atualmente, com o Bilhete Único estadual, subsidiado pelo governo, os passageiros podem pagar R$ 5,90 por uma viagem intermunicipal e uma municipal, em um intervalo de até três horas, dentro da Região metropolitana. Entretanto, cada município tem tarifas e política de transporte diferentes dentro de cada cidade. No município do Rio, há o Bilhete Único Carioca que permite que os passageiro pegue dois ônibus, em duas horas e meia, e pague R$ 3,40. Leão sugeriu ainda a unificação dos bilhetes únicos.


Últimas de Rio De Janeiro