Vídeo mostra salto de wingsuit que matou atleta na Pedra da Gávea

De acordo com testemunhas, Fernando M. Gonçalves, de 36 anos, levou quase cinco horas para decidir pular

Por O Dia

Rio - Um vídeo enviado para o WhatsApp do DIA (98762-8248) mostra o salto que matou o esportista Fernando M. Gonçalves, de 36 anos, na Pedra da Gávea. Fernando praticava wingsuit, tipo de voo livre feito com macacão especial que permite ao esportista planar como um pássaro e abrir o paraquedas perto do chão. Ninguém sabe o que aconteceu na queda.

Segundo testemunhas, o esportista levou quase cinco horas para decidir pular e chegou a dar sinais de que desistiria do voo. "Ele estava lá desde as 9h, mas só pulou quase às 14h. Parecia muito indeciso sobre onde ia saltar. Ficava andando de um lado para o outro e tirou o capacete duas vezes”, contou o estudante Rodrigo Abreu, 18. “Depois que ele pulou, não conseguimos vê-lo mais”, disse o estudante Breno Dantas, 18.

A vítima foi socorrida pelos bombeiros na mata e morreu a caminho do Hospital Miguel Couto. O corpo deve ser enterrado em Mogi das Cruzes (SP), onde vive a família dele. A 15ª DP (Gávea) vai investigar o caso.


Últimas de Rio De Janeiro