Considerada a inflação, governo estadual arrecadou 13% menos

Comparação com agosto do ano passado leva contas ao vermelho, segundo apurou a Secretaria de Fazenda

Por O Dia

Rio - E tome má notícia. A Secretaria Estadual de Fazenda apurou que a arrecadação de impostos em agosto foi 2,5% menor que a verificada no mesmo mês do ano passado, um resultado pior do que o esperado. Isso, em termos nominais, sem levar em conta a inflação que houve no período.

Quando se considera a a inflação ao longo de um ano e a consequente queda no poder de compra do real, o resultado fica ainda mais feio. Na prática, o governo arrecadou quase 13% menos do que em agosto de 2014.

Não é time
Em entrevista que sairá na próxima edição da ‘Revista da OAB’, o vice-governador Francisco Dornelles, primo de Aécio Neves, rejeita o impeachment de Dilma. “O Brasil não é um time de futebol que demite um técnico toda vez que está perdendo”, diz.

Novo bombeiro
Vice-presidente da Federação de Futebol do Rio e dono de construtora, José Luiz Martinelli ganhou cargo de assessor da Coordenadoria de Prevenção e Combate a Incêndio do Tribunal de Contas do Estado.

Em 2003, ele foi homenageado pelo então deputado Domingos Brazão, hoje conselheiro do TCE.

Idosos
O juiz João Felipe Mourão, de Belford Roxo, obrigou a prefeitura a criar uma “instituição de longa permanência para idosos”. A ação foi ajuizada pelo Ministério Público.

Últimas de Rio De Janeiro