Governo estuda ampliar prazo do Bilhete Único

Mudança valeria para dias de caos no trânsito, como ontem. Trens tiveram recorde de passageiros

Por O Dia

A Secretaria Estadual de Transportes quer aumentar o tempo do Bilhete Único Intermunicipal em casos atípicos de trânsito como o de ontem, quando cidade parou por causa do acidente na Avenida Brasil. Ainda não há estimativa por quantas horas a passagem poderá ser válida. O período normal atualmente é de 3 horas para efetuar uma viagem intermunicipal e uma municipal, pagando R$ 5,90.

Segundo o secretário estadual de Transportes, Carlos Osório, será feita uma reunião na próxima semana com os diretores do RioCard para analisar a viabilidade da ideia. “Vamos ver se eles têm meios técnicos de avaliar os impactos no trânsito e liberar o cartão nessas ocasiões”, disse.

Já a Secretaria Municipal de Transportes declarou que não trabalha com a possibilidade de aumentar o tempo de integração do Bilhete Único Carioca, que é de 2h30 para fazer duas viagens de ônibus da cidade, pagando a tarifa de R$ 3,40. Segundo o órgão, o bilhete tem se mostrado eficiente. Atualmente, são 5,37 milhões de usuários cadastrados no bilhete, além de 6,7 milhões de cartões pré-pagos.

Trânsito parado em Laranjeiras%3A cariocas enfrentaram engarrafamento em vários pontos da cidadeEstefan Radovicz / Agência O Dia

O congestionamento, pelo horário e localização do acidente, afetou a Avenida Brasil, bairros adjacentes, Centro, Zona Sul e Zona Norte. Por conta do caos, usuários se deslocaram para outros modais — eles operaram em carga máxima, como se estivessem em horários de pico. A SuperVia registrou número recorde de passageiros. Segundo Carlos Osório, 243 mil passageiros usaram os trens até às 9h. Já as barcas e o metrô registraram um aumento de 12% e 8%, respectivamente, no fluxo de usuários.

Na rodoviária Novo Rio,empresas de ônibus tiveram que acionar veículos extras para agilizar as saídas para outros estados, porque as chegadas atrasaram. 

Para piorar a situação do trânsito, uma manifestação de professores, durante a tarde, interditou os dois sentidos da Rua Pinheiro Machado, em Laranjeiras. O ato provocou lentidão no Túnel Santa Bárbara, ao longo do Viaduto 31 de Março e no Centro.

Centro Integrado de Controle terá peritos de plantão

Depois do acidente de ontem, o chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso, resolveu colocar em prática um projeto que estava engavetado, aguardando a chegada de 79 novos peritos concursados. Os profissionais foram nomeados e lotados em unidades há duas semanas.

Dentro de um prazo máximo de 30 dias, peritos vão se revezar nos horários de pico no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Praça Onze. De lá, os especialistas vão monitorar a cidade e fazer uma análise remota da necessidade de cada acidente de

Pelas câmeras, eles vão avaliar se é preciso ou não enviar peritos ao local, se as vítimas podem ser removidas por bombeiros ou pelo rabecão, no caso de morte. A medida é para agilizar a liberação das vias. “Idealizamos uma forma diferente de ação, onde os peritos poderão dizer se as vítimas podem ser removidas, sem que prejudique a análise do local”, disse Veloso.

Últimas de Rio De Janeiro