Tiros atingem ônibus do BRT e passageiro fica ferido por estilhaços

Caso aconteceu na Estrada da Pedra, próximo da comunidade do Cesarão, em Santa Cruz. Homem atingido passa bem

Por O Dia

Rio - Em novo episódio de violência, um passageiro do BRT Transoeste ficou ferido por estilhaços de vidro da janela do coletivo, quebrada por tiros na Estrada da Pedra, em Santa Cruz, na madrugada de quarta-feira. PMs e bandidos entraram em confronto e balas atingiram o ônibus, ferindo o rosto de Paulo Noronha da Silva, de 33 anos. Ele foi levado por bombeiros para o Hospital Estadual Pedro II, foi medicado e liberado.

Nas redes sociais, passageiros relataram os momentos pânico ontem. “Foi Deus mesmo para nos livrar”, escreveu um passageiro. “A pessoa já vem cansada, ainda tem que enfrentar uma situação dessa. Lamentável”, reclamou outra.

Tiros atingiram ônibus do BRT Transoeste em Santa Cruz%2C na madrugada desta quarta-feira%2C e estilhaços feriram passageiroFacebook Santa Cruz News

Somente este ano, outros cinco episódios de violência assustaram passageiros do BRT. O caso mais recente foi na madrugada de 20 de outubro, quando a estação Cesarão II, em Santa Cruz, foi incendiada por criminosos durante a madrugada. Em janeiro, outro incêndio interditou o mesmo local por quase seis meses. Segundo o Consórcio BRT, os operários só começaram os reparos em maio, pois o clima de insegurança persistia no local.

Em nota, o BRT informou que todo episódio de violência é imediatamente comunicado às polícias e as imagens disponibilizadas para investigação. Segundo a PM, militares do 27º BPM (Santa Cruz) perseguiam um Ford Ecosport roubado em Pedra de Guaratiba. Três homens fugiram para a comunidade do Cesarão e houve confronto. Um menor foi apreendido.

Janelas da parte de trás e da lateral do ônibus do BRT Transoeste ficaram destruídasFacebook Santa Cruz News

De acordo com o consórcio BRT, apesar do incidente, próximo da estação Curral Falso, a circulação não precisou ser interrompida. O ônibus precisou ser retirado de circulação para a relização de perícia técnica. O caso aconteceu próximo da comunidade do Cesarão.

Já na Vila Aliança, em Senador Camará, uma idosa de 78 anos foi vítima da bala perdida durante operação do 14º BPM (Bangu) ontem. O comandante da unidade, major Silva Júnior, disse que PMs não revidaram os ataques criminosos. Um entregador foi atingido em outro ponto. Manifestantes tentaram fechar a Estrada do Engenho, mas a PM impediu.



Últimas de Rio De Janeiro