Estado do Rio quita segunda parte do salário dos servidores

Quanto ao 13º salário, ainda não há definição se o estado levantará recursos para o pagamento

Por O Dia

Rio - A última parcela dos servidores ativos e aposentados foram pagas nesta quarta-feira, totalizando R$ 561,73 milhões. Foram depositados os vencimentos de 135.455 vínculos de servidores ativos e 102.376 aposentados.

Também houve transferência de R$ 12 milhões para a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e outros R$ 13 milhões para o pagamento de funcionários da  Fundação Saúde.  Os servidores inativos e ativos que ganham até R$ 2 mil líquidos mensais receberam o pagamento integral nos dias 1 e 2 deste mês, respectivamente.

Os pensionistas receberam nas datas previstas no calendário, de 24 a 30 de novembro, de acordo com o número de inscrição. Todas as pensões alimentícias foram pagas no dia 1º, no caso dos inativos; e no dia 2, no caso dos ativos, independentemente do valor da pensão. O valor total da folha é de R$ 1,9 bilhão.

As 13 entidades da administração indireta com pagamento previsto para o dia 30 também já receberam seus salários integralmente. O mesmo aconteceu com os servidores do Detran, que tiveram seus vencimentos depositados no dia 1º, uma vez que o órgão tem receita própria.

Os pagamentos relativos a novembro dos servidores estaduais do Poder Executivo foram feitos em duas etapas, como resultado da queda na arrecadação do estado, assim como do agravamento da crise econômica do país.

Quanto ao 13º salário, ainda não há definição se o estado levantará recursos para o pagamento. O prazo previsto no calendário da Secretaria de Planejamento é dia 17 de dezembro.

Últimas de Rio De Janeiro