Operação da PM na favela do Rola, em Santa Cruz, tem vários mortos

Cinco morreram durante a ação. Policiamento foi reforçado nas estações do BRT Transoeste

Por O Dia

Rio - Cinco homens morreram durante operação do 27º BPM (Santa Cruz) na Favela do Rola, em Santa Cruz, na Zona Oeste, na manhã de quinta-feira. Segundo a PM, soldados estavam na Rua Marcolina, esquina com a Travessa Marcolino, quando bandidos armados, a bordo de motocicletas, passaram atirando. Houve revide, e quatro envolvidos, que foram apontados pela polícia como traficantes, morreram na hora. Um deles ainda chegou a ser levado para Hospital Municipal Pedro II, mas não resistiu.

Fuzis e drogas apreendidos na favela do Rola%2C em Santa CruzDivulgação

Ainda de acordo com a PM, os cinco mortos estavam com dois fuzis, sendo um AK 47 e outro AR15, duas pistolas 9 mm e grande quantidade de drogas. Na ação, a PM apreendeu sete motocicletas e um carro.

O comandante do 27º BPM, tenente-coronel Luiz Octávio, afirmou que todos os veículos eram roubados. A área é dominada por bandidos da facção Comando Vermelho (CV).

De acordo com informações da 36ª DP (Santa Cruz), as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias das mortes de Daniel Pereira da Silva Filho, Erick da Silva Vieira Fernando, Paulo Vitor de Oliveira da Silva, Maicon Rodrigo Tenório e do quinto homem, não identificado.

Sete motocicletas e um carro foram apreendidos durante operaçãoDivulgação

Os policiais militares foram ouvidos e tiveram as armas apreendidas. A perícia foi realizada no local, e familiares e testemunhas vão ser chamados para prestar depoimento. Algumas estações do BRT Transoeste, ao longo da área, tiveram policiamento reforçado.

Polícia segue o planejamento

O comandante do 27º BPM, tenente-coronel Luiz Octávio ressaltou ainda que o policiamento foi reforçado ao longo de todas estações do BRT para evitar represálias de traficantes. Não houve alteração no sistema do BRT. Ele afirmou que as operações vão prosseguir nas comunidades do Rola e Antares, que também pertencem à mesma facção.

"A operação está dando continuidade ao planejamento que a unidade está realizando para reprimir o tráfico de entorpecentes e roubos a veículos. Na segunda, tivemos um suspeito morto e outro preso. Na terça-feira, prendemos o gerente do Rola com pistola, dinheiro e radiotransmissor", detalhou o oficial.

Últimas de Rio De Janeiro