Pai reconhece corpos de filho e amigos desaparecidos em Nova Iguaçu

Homem acusa mulher de chamar traficantes para matar vítima, que namorava com a filha dela e que estariam discutindo muito

Por O Dia

Matheus%3A Traficantes teriam proibido os moradores do Aliança de ir ao IpirangaReprodução Internet

Um homem reconheceu os corpos do filho e de dois amigos que foram encontrados na noite de sábado em uma cova na comunidade de Grão Pará, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A polícia aguarda o resultado de exames no Instituto Médico-Legal (IML) de Nova Iguaçu para confirmar se os corpos são dos jovens desaparecidos. O pai acusa a mãe da namorada do filho pela morte.

As vítimas são Matheus Ferreira Lima, de 16 anos, e os irmãos Lucas da Silva Galdino, de 17 anos, e Matheus da Silva Galdino, de 15 anos, amigos do filho do sargento-bombeiro Nivaldo Lima Filho, que reconheceu os corpos dos três jovens desaparecidos desde 12 de abril.

Segundo o pai, Lucas foi encontrar a namorada no conjunto habitacional na localidade Ipiranga. Lucas e Matheus foram juntos. Ainda segundo Nivaldo, o casal brigava muito e a mãe da namorada de Lucas teria chamado traficantes para dar corretivo no jovem.

Nivaldo chegou à cova através de denúncias anônimas. Ele chegou a receber um mapa deixado em sau casa informando o local onde estavam as vítimas. Os corpos foram encontrado por policiais da 56ª DP (Comendador Soares), com apoio do 20º BPM e do Corpo de Bombeiros.

Últimas de _legado_Rio