Avenida Rio Branco começa a mudar no domingo

Com inversão de mão, da Candelária à Praça Mauá, linhas de ônibus terão trajetos alterados

Por O Dia

Rio - Com o início da nova etapa de mudanças na Avenida Rio Branco, que passará a ter sentido único em direção à Zona Portuária, da Avenida Presidente Vargas à Praça Mauá, a partir de domingo, os itinerários de ônibus municipais e intermunicipais que passam pelo local também serão alterados. As mudanças fazem parte do plano de mitigação de impactos das obras para a derrubada da Perimetral e para a renovação do área do Porto do Rio de Janeiro.

As linhas municipais e intermunicipais que vêm da Praça Mauá e passam pelo trecho da Rio Branco a ser invertido terão os trajetos desviados para a Rua Acre, Uruguaiana e Presidente Vargas. Entre as intermunicipais, as principais mudanças são nos ônibus que ligam Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá ao Rio. A Secretaria Municipal de Transportes do Rio (SMTR) informou que, para estas, serão implantados dois novos pontos finais: um na Praça Pio X, em frente à Candelária, e outro na Avenida Rio Branco, entre a Avenida Presidente Vargas e a Avenida Visconde de Inhaúma.

Clique na imagem e confira as aletraçõesArte O Dia

Neste último , estarão as linhas 100D (Niterói-Candelária), 101D (Niterói- Candelária, antiga Niterói-Castelo), 146D Candelária- Maricá via Itaipuaçu), 578D (Candelária-Ponta Negra, via Cajueiro) e 590R (Candelária-Ponta Negra, via Boqueirão). Já no ponto da Praça Pio X, ao lado da Candelária, no sentido Praça 15, estarão as linhas 545D (Candelária-Alcântara), 565D-Candelária- Venda das Pedras, 566D (Candelária-Venda das Pedras), 709D (Candelária-Charitas, via Icaraí), 730D (Candelária-Charitas, via Fonseca), 731D (Candelária-Charitas, via Fonseca), 770D (Candelária-Itaipu) e 771D (Candelária-Pendotiba).

Para orientação dos usuários, serão instaladas faixas e placas de sinalização em todo o trecho onde haverá mudanças. O trabalho também inclui a participação dos agentes da concessionária Porto Novo, que estarão nos locais para tirar dúvidas, distribuir folhetos e lembrar a importância do uso das passarelas, faixas de pedestres e do respeito à sinalização de trânsito. A campanha será focada na Região Portuária e no Centro, na Avenida Nilo Peçanha, Avenida Rio Branco, Rua Sete de Setembro, entre outras.

No próximo dia 16, virão ainda as principais mudanças no Centro. O Mergulhão da Praça 15 será fechado e a Avenida Rio Branco será transformada em via de mão dupla exclusiva para ônibus e táxis, da Candelária ao Aterro. Com isso, mais ruas e avenidas serão invertidas também. Ao fim dessas alterações, mais de 200 linhas de ônibus terão seus trajetos alterados.

Passarela será instalada dia 16

A passarela provisória da Linha Amarela, que substituirá a estrutura destruída no acidente em 28 de janeiro, na altura de Del Castilho, será instalada no próximo dia 16. A informação é da concessionária que administra a via expressa, a Lamsa.

Enquanto a estrutura provisória não está pronta, a concessionária vai continuar a oferecer o serviço gratuito de vans para população da área, que acontece diariamente, de 6h às 22h, e é feito nos dois sentidos da Linha Amarela. O transporte leva os moradores até a passarela mais próxima, na altura do shopping Nova América (Del Castilho).

A estrutura provisória funcionará até que a definitiva seja construída e montada no local do acidente, em que um caminhão com a caçamba levantada bateu na passarela de pedestres, matando cinco pessoas. A quinta vítima morreu um dia depois do acidente, no hospital.

O motorista Luiz Fernando da Costa, de 30 anos, que dirigia o caminhão , admitiu que falava ao celular e não reparou que a caçamba estava levantada. Ele contou ainda, em depoimento à polícia, que conduzia o veículo a 85 quilômetros por hora no momento da colisão. O limite de velocidade na pista da direita, onde o veículo deveria estar, é de 80 quilômetros por hora.

O motorista continua internado na Unidade de Terapia Intensa (UTI) de um hospital particular de Duque de Caxias. Ele sofreu trauma torácico e abdominal, contusão pulmonar e cardíaca, lesão hepática de grau moderado, além de fratura nas costelas. Luiz Fernando ainda não tem previsão de alta.

Homem morre atropelado na pista do BRT no Recreio

Um homem morreu após ser atropelado por um ônibus articulado do BRT Transoeste, na altura da estação Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, por volta das 6h30 de ontem.
O acidente aconteceu na pista sentido Terminal Alvorada da Avenida das Américas.

A vítima, que de acordo com o Corpo de Bombeiros estava sem identificação e teria cerca de 40 anos, foi parar debaixo do ônibus articulado. Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados para o local. O homem, de acordo com informações preliminares do Consórcio BRT, estaria atravessando fora da faixa de pedestres. 

Uma faixa da via exclusiva para o BRT foi interditada ao tráfego naquele trecho. Com isso, os veículos do BRT tinham de desviar para a faixa central. Aos demais veículos, apenas a faixa de rolamento da esquerda ficou liberada. O trânsito ficou lento em toda a região, com reflexos chegando à saída do Túnel da Grota Funda.

A concessionária disse que vai colaborar com com a perícia, disponibilizando as imagens do circuito interno dos veículos para apuração das causas do acidente. Equipes do consórcio BRT estiveram no local para fazer a retirada do veículo assim que fosse concluída a perícia da Polícia Civil.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas