A partir de sábado terá fim a circulação de carros em trecho da Rio Branco

Obras para implementação do VLT avançam na via e o tráfego será interrompido na altura da Nilo Peçanha até a Cinelândia

Por O Dia

Rio - É o começo do fim da circulação de carros de passeio, ônibus e táxis na Avenida Rio Branco. A via será interditada ao trânsito entre a Avenida Nilo Peçanha e a Rua Santa Luzia a partir das 14h de sábado, 16 de janeiro, para obras do novo Passeio Público da Rio Branco. Trecho de 600 metros será transformado em área exclusiva para pedestres, ciclistas e passagem para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A nova configuração será implementada em área de grande movimentação cultural, valorizando imóveis importantes como o Museu Nacional de Belas Artes, o Teatro Municipal, a Biblioteca Nacional e o Centro Cultural da Justiça Federal. Pedestres ganham calçadão amplo, compartilhado com ciclofaixa e via para passagem do VLT.

Arte mostra interrupção ao tráfego de veículos na Rio BrancoDivulgação

Com a interdição, o fluxo viário e as linhas de ônibus que seguiam pela Avenida Rio Branco neste trecho serão desviados pelas avenidas Nilo Peçanha e Graça Aranha. Serão 82 linhas com itinerários alterados nesse período. Na nova configuração, a Avenida Nilo Peçanha passa a operar da Avenida Rio Branco até a Rua Debret neste sentido (ver mapa abaixo). A Rua Debret muda de sentido entre a Avenida Almirante Barroso e a Rua Araújo Porto Alegre.

A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), a Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio), a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) e a Concessionária VLT Carioca já começaram a instalar faixas para avisar aos motoristas. A partir da próxima semana, placas informativas e monitores vão orientar os passageiros de ônibus nos pontos que serão desativados e folhetos apresentarão detalhes das mudanças. 

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas