Chuva forte faz rios transbordarem e provoca transtornos no Rio

Em Duque de Caxias, moradores relatam estar ilhados em Campos Elíseos e Parque Império. Tempo permanece instável

Por O Dia

Rio - Ao menos três rios transbordaram na madrugada deste sábado no estado do Rio devido a forte chuva que cai desde o fim da tarde desta sexta-feira. No Rio Capivari, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Rio Quitandinha, em Petrópolis, na Região Serrana, e no Rio Pavuna, em São João de Meriti, a água ultrapassou os limites, segundo o Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Em Duque de Caxias, moradores relatam estar ilhados nos bairros de Campos Elíseos e Parque Império.

Leitor relatou que Campos Elíseos e Parque Império%2C em Duque de Caxias%2C estão 'debaixo d'água'WhatsApp O DIA

O município do Rio está em "estágio de atenção" desde o final da tarde desta sexta-feira. A chuva foi forte no Alto da Boa Vista e na Tijuca, na Zona Norte da cidade, na Zona Portuária, em Guaratiba, na Zona Oeste, e Laranjeiras, na Zona Sul. No Alto da Boa Vista, uma árvore caiu em uma calçada na Estrada da Paz, durante a madrugada deste sábado, mas o trânsito não é afetado, segundo o Centro de Operações Rio.

A Estrada Menezes Côrtes, que liga os bairros de Jacarepaguá, na zona oeste ao Grajaú, na Zona Norte, pela serra, teve uma queda de barreira que interditou a pista parcialmente durante a madrugada, mas o local já foi liberado pela Defesa Civil. No Complexo do Alemão, uma casa foi interditada pela Defesa Civil depois que a estrutura ficou comprometida devido a infiltrações. Os moradores foram levados para a casa de parentes.

Moradores do Parque Colúmbia%2C na Pavuna%2C andam em meio a água suja depois do forte temporal. Rio Acari transbordou provocando transtornos na regiãoThiago Lara / Agência O Dia

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ocorreu um deslizamento de terra durante a madrugada deste sábado, com queda de barreira no bairro Roseiral, em Petrópolis. Quatro adultos e duas crianças foram retirados de casa pelos bombeiros. Ninguém ficou ferido, mas a casa foi interditada pela Defesa Civil municipal. Um dos acessos ao bairro Roseiral está interditado, devido à grande quantidade de lama que desceu da encosta. Não há previsão para liberação do trecho.

A Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Petrópolis registrou de sexta-feira até as 10h deste sábado, 170 ocorrências relacionadas à chuva, sem registros de vítimas ou feridos. O maior índice pluviométrico foi registrado em Pedro do Rio, com 150 milímetros em 24 horas. Até o momento há 11 desalojados. Todos estão na casa de parentes. A Defesa Civil opera em estágio de alerta.

O prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo, coordena as ações pessoalmente. O plano de contingência foi acionado e todas as secretarias estão envolvidas no atendimento às famílias e na desobstrução das ruas para o restabelecimento do acesso ao transporte.

Chuva alagou Campos Elíseos%2C em Duque de CaxiasWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rios em alerta

Em "alerta máximo" estão os rios Paquequer, em Teresópolis, e Rio Grande, no município de Bom Jardim. Segundo o monitoramento do Inea, outros três rios seguem em alerta: Bengala, em Nova Friburgo, Rio Nova Iguaçu, no município homônimo, e o Rio Príncipe, em Teresópolis.

O estágio de atençãol é o segundo nível em uma escala de quatro níveis e a prefeitura recomenda que a população permaneça ou busque locais seguros, evitando áreas de delizamentos e/ou alagamentos.

Previsão do tempo

De acordo com o Centro de Operações Rio, a chuva que cai na cidade avança em direção ao norte do estado, mas os ventos úmidos vindos do oceano para o município manterão a umidade do ar alta e o tempo permanece instável.

O céu fica encoberto neste sábado, com chuva fraca a moderada a qualquer momento. O calor deu uma trégua e as temperaturas estarão mais baixas, com mínima prevista de 21°C e máxima de 28°C. Há registros de chuva moderada em alguns pontos e chuva fraca por toda cidade.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas