O DIA no Grande Rio: Bornier critica Sepe

Prefeito de Nova Iguaçu afirmou que tumulto durante desfile do Sete de Setembro foi provocado por sindicato

Por O Dia

Rio - O prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier (PMDB), afirmou nesta sexta-feira que o incidente durante o desfile de Sete de Setembro na cidade, quando professores e vereadores trocaram ofensas e vaias, foi provocado por um grupo pequeno de militantes do Sindicato dos Profissionais de Ensino (Sepe).

Ele classificou como desrespeito aos alunos e à população a manifestação de “meia dúzia” durante o desfile dos estudantes. “Aceito que se manifestem, mas uma data cívica não é o momento adequado. Eles, que deveriam ser educadores, foram mal educados. Se queriam protestar contra os vereadores, deveriam ir à Câmara”, disse.

Sem representação

O prefeito disse ainda que não considera o Sepe representante legítimo dos professores de Nova Iguaçu, já que nem 10% do magistério municipal são filiados à representação regional do sindicato.

Mais escolas

Nelson Bornier anunciou a construção de 24 escolas até o fim de 2014 e a realização de concurso para contratar professores. “Há 10 anos o município não constrói nenhuma escola”, afirmou.


Últimas de _legado_O Dia na Baixada