Belford Roxo ganha equipamentos para atender usuários do Bolsa Família

Usuários do programa vão contar 40 Balanças Digitais, 10 Balanças Antropométricas, 40 Balanças Mecânicas e 40 Réguas

Por O Dia

A população belforroxense, que é usuária do Programa Bolsa Família, conta agora com novos instrumentos para fazer os acompanhamentos de saúde que o projeto prevê. Na última segunda-feira (24), foram repassadas à Secretaria Municipal de Saúde, 40 Balanças Digitais, 10 Balanças Antropométricas, 40 Balanças Mecânicas e 40 Réguas, que vão auxiliar na pesagem das famílias beneficiadas.

Os equipamentos, adquiridos pela Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, serão distribuídos nas unidades de saúde do município, seguindo as diretrizes do Programa Bolsa Família, que atenta para a questão do acompanhamento de saúde. Eles irão ajudar a monitorar de modo mais eficaz o peso de gestantes, mulheres que estão amamentando e crianças menores de sete anos.

As balanças e réguas foram concedidas à Secretaria de Saúde, durante cerimônia realizada na manhã desta segunda. O Prefeito da cidade, Dennis Dauttmam, a Secretária de Assistência Social, Sula do Carmo e o Secretário de Saúde, Dr. Marco Aurélio Pereira, assinaram um termo de concessão para formalizar a entrega dos equipamentos.

De acordo com Dauttmam, os instrumentos são mais uma conquista para quem já é beneficiado com o Bolsa Família, assim como para aqueles quem tem direito de fazer parte. “Com a chegada desse material vamos poder ampliar e melhorar o atendimento de saúde que oferecemos às famílias, bem como a assistência a elas. Queremos garantir que nossa população tenha acesso aos programas de benefício social e que vivam com mais qualidade, dignidade e respeito”, frisou.

Belford Roxo está entre os municípios da Baixada com o maior número de pessoas cadastradas no Bolsa Família, ultrapassando, inclusive, a meta do governo federal para este cadastro dentro da cidade. Hoje, mais de 69 mil famílias belforroxenses fazem parte do Programa.

A iniciativa garante acesso a direitos básicos nas áreas de saúde, educação e assistência social, mas só libera o pagamento do benefício com cumprimento de algumas exigências, tais como a pesagem regular, por exemplo.