O lugar onde seu filho aprende brincando

Escola tem programa especial para alunos com dificuldades de aprendizado em Nova Iguaçu

Por O Dia

Educar para uma sociedade inclusiva significa compreender toda uma complexa realidade presente nas salas de aula. Portanto é muito importante a escola não isolar alunos com algum tipo de necessidade especial ou dificuldade nos estudos.

Marcelo Silva e Leda Almeida coordenam o Instituto Santa ÂngelaRENATO FONSECA

O servidor público Sidnei da Silva, 54 anos, teve dificuldades para encontrar uma escola adequada para a filha Letícia, 3, portadora da síndrome de Down. “Pesquisei em todos os lugares da região, sem sucesso. Cheguei à conclusão de que a escola da minha filha não precisa ser especial, mas saiba trabalhar as necessidades dela”, ressalta.

O Instituto de Educação Santa Ângela (Estrada José Luiz da Silva 350, Austin, Nova Iguaçu, tel.: 2763-2669) tem um cuidado singular com estudantes com todo tipo de dificuldades de aprendizado. Semanalmente são feitas dinâmicas e avaliações para detectar quem tem problemas na assimilação de conhecimentos. A escola tem uma Oficina do Saber, onde alguns alunos recebem aulas de reforço, em um formato diferente ao das salas de aula, o “Eu ensino sorrindo, você aprende brincando”. O Santa Ângela tem 360 jogos didáticos em seu acervo, desenvolvidos de acordo com as dificuldades dos alunos em leitura, escrita, interpretação e raciocínio lógico, entre outros.

“Temos 45 anos dedicados à educação e buscamos deixar os alunos melhor preparados para a competição no mercado de trabalho e também para a vida”, assegura o diretor-geral da escola, Marcelo Silva.

O Santa Ângela prepara alunos desde a educação infantil até o ensino médio. A mensalidade custa em média R$ 250. Para fazer a matrícula, o responsável deve apresentar seu RG e CPF, certidão de nascimento do aluno e declaração de escolaridade.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada