Evento pedirá proteção a vítimas das chuvas no Espírito Santo e Minas

Há 15 anos, a Forma realiza a lavagem da escadaria, pedindo paz para todos e fazendo orações por situações específicas

Por O Dia

Rio - Hoje acontece, em Maricá, a 15ª lavagem da escadaria da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo, com procissão saindo da Praça da Bandeira às 16h - concentração às 15h. O evento, organizado pela Fonte para Orientação Religiosa das Matrizes Africanas (Forma), reúne grupos religiosos de terreiros de tradições afro da cidade e municípios próximos.

Este ano, eles elevam orações para as vítimas das enchentes causadas pelas chuvas de verão que atingiram principalmente Minas Gerais e Espírito Santo.

Após o ato solene, os adeptos reúnem-se no anfiteatro da Praça Orlando de Barros Pimentel, onde entoam e batucam cânticos do Candomblé e da Umbanda.

Grupos de tradição afro de Maricá e região fazem ato solene na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo Clarildo Menezes / Divulgação

“Os orixás, que são o objeto de nosso culto, são todos ligados às forças da natureza como o vento e a chuva, que são inevitáveis. Sempre pedimos aos nossos santos que minimizem seus efeitos e protejam os moradores nas áreas mais afetadas”, explicou o superintendente da secretaria Secretaria de Assuntos Religiosos, Jonas Liminha, que também é babalorixá, ministro de cultos afro e presidente da FORMA.

Sempre com um pedido de paz para o mundo, a lavagem em Maricá é a terceira maior no Brasil, ficando somente atrás da que é realizada há 120 anos na Igreja do Bonfim, em Salvador (BA), e da que ocorre há 20 na Igreja de São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

A partir do próximo ano, o ato deverá fazer parte do calendário oficial de eventos da cidade. Liminha aproveita para esclarecer que a FORMA mantém, desde 1999, um trabalho nas áreas social, pedagógica, política, econômica e cultural junto aos membros de terreiros de tradições afro da região, através de seu projeto FAC (Fé, Atitude e Cidadania).

“Estou certo de que os vereadores irão votar para inserir o evento no calendário da cidade”, disse Liminha.

Últimas de _legado_O Dia no Estado