Chuva deixa cidades em atenção

Nas regiões Serrana e Noroeste, rios subiram e ruas ficaram alagadas. Petrópolis enviará alertas por SMS

Por O Dia

Rio - A semana começou com chuva em todo o estado, deixando várias cidades do Noroeste Fluminense e da Região Serrana em estado de atenção. O Sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) indicou ontem estágios de vigilância para os rios Piabinha, em Petrópolis; Paquequer, em Teresópolis, e Santo Antônio, em Nova Friburgo.

Os indicadores chegaram a marcar 18 milímetros durante horas, porém, somente Nova Friburgo permaneceu com chuva moderada na região de Ypu. O Rio Santo Antônio continuou recebendo chuva até a noite. Várias ruas ficaram alagadas. O empresário Felipe Moreira, de 27 anos, morador de Nova Friburgo, contou que a chuva causou problemas em vários pontos da cidade. “Foi complicado sair de casa, não dava para caminhar e nem usar o carro. Ficamos ilhados”, disse.

Ruas da cidade de Nova Friburgo ficaram totalmente alagadasDivulgação

A situação mais crítica no estado, segundo o sistema de medição do Inea, no entanto, foi registrada na Região Noroeste. Lá, o Rio Carangola, que corta as cidades de Porciúncula e Natividade, registrou estágio de atenção para chuvas moderadas durante toda a segunda-feira. Já o Rio Muriaé, no município de Italva, registrou chuva forte e estágio de alerta. Choveu cerca de 40 milímetros durante todo o dia, enquanto em Natividade choveu 12 milímetros.

Em Teresópolis, o secretário de Defesa Civil, Coronel Roberto Silva, garantiu que a situação estava sob controle. “Choveu hoje (segunda) à tarde moderadamente, mas não teve nenhuma elevação significativa para os rios transbordarem”.

Em Petrópolis, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil começou a cadastrar telefones celulares de moradores para, até o início do próximo ano, passar a enviar mensagens SMS com alertas de chuvas fortes. O cadastro é feito em uma barraca montada na Praça Dom Pedro, no Centro, até sexta-feira , das 10h às 16h, durante a Semana Municipal de Redução de Desastres Naturais.

Reportagem de Vinícius Amparo

Últimas de _legado_O Dia no Estado