Menina atingida por tiro na cabeça em São Gonçalo está em estado grave

Ana Beatriz Duarte de Sá, de 5 anos, estaria brincando na rua quando foi vítima de uma bala perdida. Polícia investiga

Por O Dia

Rio - Uma criança de cinco anos está internada em estado gravíssimo no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, após ser vítima de bala perdida na cabeça, na noite de domingo. Ana Beatriz Duarte de Sá foi ferida quando estava numa festa infantil, no bairro Jardim Catarina. À polícia, parentes da menina informaram que não ouviram barulho de tiros e que não havia operação policial na área.

Parentes de Ana Beatriz contaram que a menina brincava com outras crianças na Travessa Manuel Luiz de Souza, quando caiu na rua. Um vizinho teria visto a cena e chamou o tio da menina, que a socorreu ao perceber que ela tinha um sangramento na nuca.

Somente no Hospital Infantil Darcy Vargas, no bairro Zé Garoto, a família descobriu que Ana Beatriz havia sido atingida por um tiro e que o projétil estava alojado em sua cabeça.

O comando do Batalhão de São Gonçalo ressaltou que não houve operação policial na localidade e que há informações de que teria ocorrido um confronto entre criminosos em Santa Catarina. A mãe de Ana, Diana Duarte Duarte, se manifestou pelas redes sociais. “A minha pequena precisa tanto das orações de vocês”, disse.

Últimas de Rio De Janeiro