Delegado é espancado por atletas de time argentino de Rugby

Confusão aconteceu em var no Jockey Club, na Gávea

Por O Dia

Rio - Quatro integrantes do time de rugby argentino Los Cedros, de Buenos Aires, foram presos em flagrante após espancarem o delegado-assistente da 20ª DP (Vila Isabel) Gustavo Rodrigues Ribeiro durante uma briga na madrugada desta sexta-feira, na Gávea. Outros três atletas do grupo vão responder pela agressão, mas em liberdade.

Os sete foram indiciados por lesão corporal grave e resistência, estão com os passaportes retidos e não podem deixar o país. O delegado está com duas fraturas na mandíbula e teve um dente quebrado devido aos socos e chutes que levou dos atletas. Segundo a polícia, Gustavo continuou sendo agredido mesmo caído no chão e desacordado. Ele foi levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, mas já está em casa e será operado na próxima semana.

A confusão aconteceu na boate Palaphita, por volta das 4h. Segundo a polícia, o delegado foi espancado após entrar na briga para defender um amigo que já estava apanhando do time. A confusão teria começado após provocação entre grupos de argentinos e brasileiros.

Patricio Velazquez, Ignacio Iturraspe, Adrian Gustavo de Donato e Fermin Francisco Ibarra estão presos no Complexo Penitenciário de Gericinó. De acordo com o juiz, os quatro participaram diretamente das agressões. Um advogado contratado pelo consulado argentino informou que houve uma confusão generalizada no bar.

Últimas de Rio De Janeiro