Homem é assassinado na Zona Norte

Corpo de Paulo Roberto Alves foi encontrado no viaduto de Pilares e agentes da DH prenderam o suspeito nesta manhã

Por O Dia

Rio - Agentes da Delegacia de Homicídios (DH-Capital) prenderam em flagrante Renato da Rocha, de 35 anos, acusado de matar com um tiro no peito Paulo Roberto Alves da Silva, de 27. O acusado foi capturado em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, oito horas após o crime, que ocorreu em Pilares, às 23h de domingo.

De acordo com as informações da DH, o crime foi passional, já que Renato era namorado da ex-companheira de Paulo Roberto. Ele a ex-mulher terminaram o relacionamento no início do ano. Depoimentos prestados de madrugada na especializada auxiliaram os policiais civis na identificação e prisão do acusado.

Segundo o delegado Daniel Rosa, da DH, Paulo Roberto tentava reatar o relacionamento com a ex-companheira e no domingo esperou a vítima na porta do apartamento dela, na Rua do Lazer, em Pilares. Ela e o suspeito voltavam de um pagode e ao ver que a ex-mulher estava com Renato, a vítima ficou furiosa e começou atirar pedras no carro do acusado. Renato teria ido atrás de Paulo Roberto com o veículo e o acertado com um disparo no peito.

“Ele (Renato) reagiu de forma desproporcional. Não existe legítima defesa neste caso. Conseguimos identificá-lo após depoimentos na madrugada e até na perícia. Foi um trabalho de inteligência que permitiu a prisão do autor”, ressaltou o delegado Daniel Rosa, informando que os agentes buscam a arma. Renato foi autuado em flagrante por homicídio duplamente qualificado.

Últimas de Rio De Janeiro