Jovem é morto vítima de bala perdida na Zona Norte

William Davi de Almeida, de 18 anos, foi atingido durante troca de tiros entre assaltantes e policial militar em Cascadura

Por O Dia

Rio - O universitário William Davi de Almeida Novaes Cordeiro, de 18 anos, morreu na noite de segunda-feira, vítima de bala perdida em Cascadura, na Zona Norte. O jovem foi atingido durante uma troca de tiros entre assaltantes e um policial militar na Rua Cametá.

William Davi de Almeida Novaes Cordeiro%2C de 18 anos%2C havia ingressado recentemente na faculdade de educação físicaReprodução Facebook

Segundo informações, por volta das 21h, o major da Polícia Militar estava saindo com o carro quando foi abordado por três criminosos. Ao perceberem que o PM estava armado, o trio iniciou o tiroteio. Uma das balas atingiu a barriga de William, que foi encaminhado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos. Os bandidos conseguiram fugir.

O PM e o pai do jovem, William Rodrigues, prestaram depoimento na Delegacia de Homicídios (DH) da Capital, que investiga o caso. "Está complicado de se viver, não existe mais bairro bom. Vou para aonde agora? Vou morar aonde? Onde vou ter segurança para a minha outra filha?", questionou, em entrevista ao Bom Dia Rio.

Leandro Tadeu, tio de William, lembrou que o jovem esteve horas antes de ser morto em sua casa. "Ele passou a tarde na minha casa, almoçou comigo, ficamos brincando. Cheio de saúde, um garoto bonito, saudável e do bem. Meu coração está partido. Ele é mais uma vítima dessa violência cruel do Rio de Janeiro", desabafa.

Pelas redes sociais, amigos também lamentaram a brutal morte do jovem. "Não posso acreditar nisso, mais uma vida interrompida em Quintino. Eu não aceito! Ele me contava os seus sonhos de ser militar, que estava feliz na sua caminhada. Ele era um dos poucos amigos de infância que me dava orgulho. Cedo ou tarde a gente vai se encontrar".

Últimas de Rio De Janeiro