Por tiago.frederico

Rio - Um tiroteio no Jacarezinho, comunidade da Zona Norte da cidade que conta com uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), interrompeu parcialmente a circulação de trens no ramal Belford Roxo pela 15ª vez neste ano. De acordo com a SuperVia, entre 9h e 10h15, devido a motivos de segurança pública, as composições daquele ramal trafegaram apenas no trecho entre Del Castilho e Belford Roxo. As partidas na estação Central do Brasil foram suspensas.

Segundo a concessionária, passageiros foram informados sobre a circulação através do sistema de áudio dos trens e estações. Quem desejava seguir para a Central do Brasil podia usar a linha Honório Gurgel – Deodoro, realizando transferência para os ramais Santa Cruz, Japeri e Deodoro.

Em 2016, a circulação no ramal foi interrompida parcialmente por 15 vezes, sendo sete durante um período de três semanas no mês de abril. Em nota, a concessionária ressaltou que a segurança no transporte de trens é de responsabilidade do governo do Estado, "conforme prescreve o contrato de concessão".

"Aos agentes da SuperVia, que não têm poder de polícia, cabe controlar o acesso e prestar auxílio aos passageiros", acrescentou a concessionária, no comunicado.

Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, o Comando de Operações Especiais (COE) realiza uma operação na região nesta manhã. A Polícia Militar ainda não fornceceu informações sobre a ação. 

Você pode gostar