Polícia prende suspeitos de furtar nove notebooks em Centro Olímpico

Segundo Comitê da Rio 2016, eles são funcionários de uma empresa de segurança que presta serviço no espaço

Por O Dia

Rio - Após denúncia na sala de operações do 14º BPM (Bangu), policiais militares prenderam em flagrante três vigilantes e um bombeiro civil, suspeitos de furtar notebooks dentro de um estande de tiros, que faz parte do Centro Olímpico, em Deodoro, na tarde da última quarta-feira. Nove computadores foram apreendidos pelos PMs, sendo que três estavam nas casas dos próprios acusados, na Baixada Fluminense.

De acordo com informações do comandante da unidade, coronel Marcus Amaral, os PMs foram até o local, na Avenida Brasil, Vila Militar, e localizaram quatro computadores dentro da mochila de um detidos e dois escondidos embaixo de uma escada. Assim que foram descobertos, os suspeitos confessaram que dois notebooks estavam na casa de um deles, em Queimados, e outro, em Nova Iguaçu.

Notebooks foram furtados dentro estande de tiros%2C que faz parte do Centro Olímpico%2C em DeodoroDivulgação

A assessoria de imprensa do Comitê Organizador dos Jogos do Rio 2016 informou que os acusados são funcionários de uma empresa de segurança que presta serviço no espaço. De acordo com o órgão, a própria firma foi quem acionou a polícia, após sentir falta dos equipamentos. O material já foi devolvido e pronto para uso.

Segundo informações do 14º BPM, os suspeitos foram conduzidos para a 33ª DP (Realengo), onde o fato foi registrado. De acordo com a Polícia Civil, os quatro suspeitos foram autuados em flagrantes por furto qualificado.

Últimas de Rio De Janeiro