Acusado de esfaquear mulher no Estácio foi namorado da vítima, diz polícia

Mulher foi assassinada a facadas na frente da filha quando voltava do supermercado

Por O Dia

Rio - O homem acusado de assassinar a facadas Christiane de Souza Andrade, de 46 anos, foi namorado da vítima por três anos. A informação foi revelada pelo delegado titular da Divisão de Homicídios Fábio Cardoso na manhã deste domingo. Ainda nesta manhã, a Justiça concedeu a prisão temporária por 30 dias para Rojelson Santos Baptista, de 36 anos. 

Homem suspeito de ter matado mulher a facada é linchado antes de ser presoReprodução Internet

De acordo com o delegado, o acusado estava contrariado com o término do relacionamento. "Ele inicialmente negou o crime e, em seguida, convencido pela polícia, confessou a barbárie. O Rogelson sabia que a Chrisitiane tinha o hábito de ir ao mercado por volta de 20h30. Ele esperou ela sair do local e cometeu o assassinato". 

Acusado já havia esfaqueado uma ex-namorada em 2012

De acordo com o delegado, em 2012, Rogelson esfaqueou uma ex-namorada também no pescoço, na comunidade do Chapadão, na Zona Norte do Rio.  

Desde quinta-feira a Divisão de Homicídios fazia diligiências à procura de imagens que comprovavam quem esfaqueou Christiane. Denúncias anônimas levaram a polícia à Rua Paulo de Frontin, onde Rojelson estava sendo linchado.  O acusado foi preso no final da tarde deste sábado, mas antes foi espancado por populares que o apontavam como o autor do crime que chocou o Rio de Janeiro. Ele foi levado sob custódia para o hospital Souza Aguiar e em seguida encaminhado para a delegacia. 

Leia mais:

Justiça decreta prisão temporária de acusado de matar mulher a facadas

Mulher é morta a facadas na frente da filha de 7 anos em assalto no Estácio

Esfaqueada por ladrão, mãe correu para evitar que filha fosse atropelada

Portal pede informações sobre suspeito que matou mulher a facadas no Estácio

Últimas de Rio De Janeiro