Vídeo: Eduardo Cunha é hostilizado em aeroporto do Rio

Ex-deputado chegou a ser agredido por uma mulher

Por O Dia

Rio - O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) passou por um grande constrangimento na noite desta quarta-feira, no aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio. O político havia acabado de desembarcar e seguia empurrando um carrinho com quatro bagagens no saguão do local, quando foi hostilizado por várias pessoas que ali estavam. Em um determinado momento, o ex-mandatário da Câmara dos Deputados chegou a ser agredido por uma mulher. 

Incidente aconteceu na noite desta quarta-feira%2C no Aeroporto Santos Dumont Reprodução Internet

No vídeo que circula na internet, é possível ouvir várias pessoas gritando contra o peemedebista. "Roubou o Brasil", gritou um homem. Uma outra pessoa disse "Fora, Cunha. Ladrão".

Durante a gravação, de pouco mais de um minuto, dá para ouvir uma mulher perguntando: "É o Cunha?", ao afirmarem que era, alguém também comenta: "Vai lá, pega ele". E foi isso que a mulher fez.  Ela sai em disparada e começa a agredi-ló. O político tenta se esquivar, mas a mulher continua batendo.

É possível notar que pessoas, que estavam no sagão do aeroporto, incentivam a agressão.  

Mulher bateu em Cunha com a bolsa e com o sapato Reprodução Internet

O DIA tentou contato com a assessoria do ex-deputado. No entanto, não obteve retorno.

Após a divulgação da reportagem, Cunha usou o Twitter e disse que a mulher "faria parte de um grupinho" que, segundo ele, o espera no Santos Dumont, toda semana, para "tentar constrange-lo".

Ainda de acordo com Eduardo Cunha, "essas pessoas teriam informação" de sua chegada. O ex-deputado afirmou que não vai se "contranger" com as hostilizações desssas pessoas.

Por fim, Cunha ainda sugeriu que os manifestantes sejam do Partido dos Trabalhadores (PT) e disse: "se eles perderam as boquinhas, o problema é deles".


Veja o momento em que Cunha é hostilizado e agredido no Santos Dumont, no Rio:


Reportagem de Rafael Nascimento

Últimas de Rio De Janeiro