Presidente do TJ está licenciado por 15 dias

Em Seu lugar assume uma mulher: Maria Inês da Penha Gaspar, candidata ao cargo

Por O Dia

Rio -  A primeira vice-presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargadora Maria Inês da Penha Gaspar, assumiu ontem a presidência da Corte. É que o presidente Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho pediu licença médica pelo período de 15 dias.

O magistrado sustentou que o afastamento é necessário para se recuperar de um quadro de astenia — perda ou diminuição de força física. “É uma doença que atinge a musculatura. Para se ter uma ideia, as pessoas podem ficar sem forças para apertar a mão de outras, por exemplo”, explicou o médico Édson de Almeida e Silva.

Ontem mesmo Maria Inês convocou uma reunião com os principais assessores para segunda-feira. A desembargadora será a segunda mulher a assumir a administração do tribunal, a primeira foi a desembargadora Leila Mariano entre os anos de 2013 e 2014.

Leila foi eleita com 161 votos. A magistrada estava aposentada. Ela presidia a 2ª Câmara Cível do e também foi diretora-geral da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj).

Maria Inês é uma das candidatas à sucessão de Ribeiro de Carvalho na eleição que está prevista para o final de novembro. Outro na disputa pelo cargo é o desembargador Luiz Zveiter. 

Últimas de Rio De Janeiro