Picciani diz que medidas anticrise não serão discutidas sem ouvir servidores

Presidente da Alerj se reuniu com lideres de 16 sindicatos nesta quarta

Por O Dia

Rio - Ao iniciar a sessão para discutir dois projetos do pacote do governo, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), disse que não haverá debate sem que antes sejam ouvidas as partes envolvidas.

Antes da sessão, Picciani se reuniu com líderes de 16 sindicatos, como o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), Associação dos Bombeiros Militares, SOS Polícia (da PM), e entidades representativas de servidores do Tribunal de Justiça (TJ-RJ), Ministério Público, entre outros. 

Mais cedo, um confronto entre servidores e policiais deixou o clima tenso em frente à Alerj. Manifestantes derrubaram a primeira grade que cercava a assembleia e foram repelidos pelo Batalhão de Choque com bombas de gás lacrimogênio.

Últimas de Rio De Janeiro