Nove traficantes envolvidos em confronto com a PM na CDD têm prisão decretada

Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) e o Ministério Público do Rio fizeram pedido. Grupo foi identificado como parte do Comando Vermelho

Por O Dia

Rio - Nove traficantes tiveram prisão decretada pela Justiça do Rio nesta segunda-feira por envolvimento em uma troca de tiros com a Polícia Militar no último sábado, na Cidade de Deus (CDD), na Zona Oeste do Rio, quando um helicóptero da corporação caiu, deixando quatro agentes mortos. A Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) e o Ministério Público do Rio (MP-RJ) apontam os homens como responsáveis pelo confronto.

Os suspeitos foram identificados como sendo da facção Comando Vermelho, que domina o tráfico de drogas na CDD. Foram concedidos ainda quatro mandados de busca e apreensão em diferentes locais da comunidade.

São eles: Wagner Andrade Da Silva, conhecido como Galé; Carlos Henrique dos Santos, conhecido como Carlinhos Cocaína; Leandro de Souza Santos, conhecido como Butuca; Edvanderson Gonçalves Leite, conhecido como Deco; Luiz Augusto Ribeuiro Vilhena, conhecido por Tomé; Weverton Rodrigo Gonçallves França, Rd; Leonardo Martins da Silva Júnior, conhecido como Pula-Pula; Marcos Vinicius de Oliveira, conhecido como Vinicinho da 13 e Jardel Teixeira de Oliveira, conhecido como Jardel.

"O grupo impõe ordens e restrições aos moradores da comunidade, se valem de armas e diversos meios de intimidação, além de inibirem o trabalho contínuo da polícia, instituindo verdadeiro poder paralelo alheio aos poderes do estado", afirmou o promotor de Justiça Bruno Lavorato.

Últimas de Rio De Janeiro