Mais Lidas

Polícia prende segundo suspeito de sequestrar grávida na Central do Brasil

Homem é marido de Thainá da Silva Pinto, que se encontrou com a vítima em estação

Por rafael.nascimento

Rayane desapareceu em encontro com mulher que prometeu doaçõesReprodução Facebook

Rio - Policiais civis prenderam, no final da tarde do último sábado, em Magé, na Baixada Fluminense, o marido de Thainá da Silva Pinto, suspeita de sequestrar Rayanne Christini, de 22 anos, grávida de sete meses, há 13 dias.  A história foi revelada, com exlusividade, pelo DIA Online.

De acordo com os agentes, o homem também é suspeito de envolvimento no desaparecimento da jovem. Seu nome ainda não foi divulgado. Thainá está presa desde a última terça-feira.

Segundo as investigações da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), Rayanne saiu de casa, em Padre Miguel, para receber roupas e fraldas oferecidas por Thainá.

De acordo com parentes da vítima, ela participava de um grupo nas redes sociais sobre doações, onde conheceu Thainá. A suspeita e Rayanne se encontraram na Central do Brasil e, desde então, a jovem está desaparecida.

Câmeras de segurança do local flagraram o momento exato em que as duas embarcaram em um trem com destino à Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.  Elas foram reconhecidas por parentes nas imagens.


Reportagem do estagiário Rafael Nascimento 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia