Prefeito de Macaé propõe pagar décimo terceiro de PMs de batalhão da cidade

A proposta feita por Dr. Aluizio é realizar em duas vezes o pagamento e evitar que os policiais do município não saiam do batalhão

Por O Dia

Ofício de prefeito de Macaé propondo pagamento de décimo dos PMs do municípioDivulgação

Rio - O prefeito de Macaé, Doutor Aluizio, usou sua conta em uma rede social para informar que se comprometeu a pagar o décimo terceiro salário dos policiais militares, lotados no batalhão do município, o 32º BPM. A oferta visa evitar que os PMs não façam o patrulhamento na cidade, em virtude do ato realizado nesta sexta-feira em vários pontos do estado.

"Protocolei um ofício junto ao comandante do trigésimo segundo batalhão, me responsabilizando a pagar o décimo terceiro atrasado dos policiais militares da região de Macaé. Quem está pagando isso é o morador de Macaé, o trabalhador de Macaé, aqueles que pagam imposto. Então a gente tem certeza que com esse dinheiro que cada um está contribuindo um pouco, a paz e a segurança vão continuar prosperando pelo menos neste momento. (...) O importante é que a gente não viva o caos que está se anunciando e que acontece em algumas regiões do país", disse, em vídeo postado em sua conta no ?Facebook.

No ofício, ele propõe o pagamento em duas parcelas: a primeira em três dias úteis a partir da data do documento e a outra em 20 dias.

prefeito de Macaé%2C Dr. AluizioDivulgação


Últimas de Rio De Janeiro