Ex-prefeito e vereador de Mangaratiba ficam inelegíveis por oito anos

Decisão é do juiz Marcelo Borges Barbosa, da 54ª Zona Eleitoral. Vereador Anderson Quadros perdeu o mandato da Câmara da cidade

Por O Dia

Dr. Ruy vai ficar inelegível por oito anos Divulgação

Rio - O ex-prefeito de Mangaratiba, Ruy Quintanilha, conhecido como Dr. Ruy, e o vereador Anderson Quadros foram condenados pela Justiça Eleitoral e ficarão inelegíveis por oito anos. A decisão é do juiz Marcelo Borges Barbosa, da 54ª Zona Eleitoral.

Ambos eram investigados por abuso de poder econômico e de autoridade. O juiz ressaltou que tanto Dr. Ruy quanto Anderson Quadros condicionaram nomeações a participação na campanha de 2016, além da divisão dos valores de gratificações.

"Assim, não restam dúvida da prática de abuso de poder político por ambos os candidatos", aponta o juiz na sentença, que pede a cassação do diploma de vereador de Anderson Quadros.

Dr. Ruy era vice-prefeito e assumiu a prefeitura de Mangaratiba em abril de 2015, após Evandro Capixaba ser preso por envolvimento em um esquema de fraude em licitações no município. Ele se candidatou ao posto nas eleições de 2016 pelo Partido Verde (PV), mas não foi eleito. Já Anderson foi eleito vereador pelo PV com 625 votos.

Últimas de Rio De Janeiro