Operação da PM na Favela do Rola deixa três suspeitos mortos e dois baleados

Segundo a corporação, um deles gerencia o tráfico na região. Após o tiroteio na comunidade, dois ônibus foram incendiados em vias do bairro

Por O Dia

Rio - Uma operação policial do 27º BPM (Santa Cruz) teve confronto e terminou com três suspeitos mortos e outros dois baleados, na manhã desta quarta-feira, na Favela do Rola, em Santa Cruz, na Zona Oeste da cidade, de acordo com a Polícia Militar. Ainda segundo a corporação, um deles gerencia o tráfico na região. Após o tiroteio na comunidade, dois ônibus foram incendiados em vias do bairro.

De acordo com a PM, os policiais faziam uma operação na localidade conhecida como Miolão quando começou o confronto. Um dos mortos é conhecido pelo vulgo "Zé da Colina".

Ônibus foram incendiados em ruas de Santa Cruz após operação na Favela do Rola que terminou com três suspeitos mortos e dois baleadosLeitor WhatsApp O DIA (98762-8248)

Já os outros dois mortos e os baleados socorridos não tiveram os nomes divulgados. Segundo a polícia, com os homens foram apreendidos dois fuzis, um AK-47 e outro AR-15, duas pistolas e duas granadas.

Após o confronto na comunidade, pelo menos dois ônibus foram incendiados, um na Estrada Urucrania e outro na Avenida Cesário de Melo. Motoristas, assustados, voltavam na contramão por conta das ações criminosas. 

O policiamento está reforçado no local. De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura do Rio (COR), a ocorrência pode causar interdições na Estrada Urucrânia e na Avenida Antares. Os motoristas devem evitar a região, segundo o COR.

O Consórcio Santa Cruz informou que, por falta de condições de segurança, mudou o itinerário de sete linhas que passam pela avenida Urucânia, próximo à comunidade de Antares.

Desde 2016, os ataques elevam para 103 o número de ônibus incendiados no Estado do Rio de Janeiro, o que gera uma média de um ônibus incendiado a cada cinco dias. Somente neste ano foram registrados 60 casos.

Últimas de Rio De Janeiro