PM mata chefe do tráfico na Favela de Antares em operação

Quatro ônibus e utilitário foram incendiados após o confronto na favela. Bodão, segundo na hierarquia do tráfico, e suspeito também morreram

Por O Dia

Tyrson de Antares era procurado pela polícia e havia recompensa de R%24 5 mil por denúncias que levassem a sua capturaDivulgação

Rio - Policiais do 27º BPM (Santa Cruz) mataram três homens, dois deles apontados como lideranças do tráfico na Favela de Antares, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, durante um confronto na madrugada deste sábado. Jaime de Souza Pires, o Tyrson de Antares, apontado como o chefe na comunidade, e Renato Gomes Batista, vulgo Bodão, o segundo na hierarquia, morreram durante confronto. Pelo menos quatro ônibus foram incendiados na região. 

A Avenida Antares, uma das principais do bairro, foi fechada por conta do confronto. O BRT TransOeste foi interrompido entre Santa Cruz e Campo Grande. Os ônibus queimados durante a madrugada não pertencem ao corredor expresso. O policia reforça o policiamento na região com o 2º Comando de Policiamento de Área (CPA) por tempo indeterminado.

Desde a madrugada, uma intensa troca de tiros assusta quem mora na região. Segundo a PM, os policiais faziam patrulhamento na Avenida Antares quando encontraram criminosos armados, dando início ao tiroteio. Um suspeito não identificado morreu e uma pistola 9mm apreendida. 

Ainda segundo a polícia, os militares foram informados que dois suspeitos também baleados deram entrada na UPA Cesarão. Eles foram identificados como Tyrson e Bodão. Eles não resistiram e morreram.

Os policiais apreenderam com os criminosos mortos um fuzil, uma pistola e quatro granadas. Tyrson era procurado pela polícia e havia uma recompensa de R$ 5 mil por informações que levassem a sua prisão.

Armas e granadas apreendidas após confronto na Favela de Antares%2C que acabou com o chefe do tráfico no local%2C o segundo da hierarquia e outro suspeito mortosDivulgação

PM baleado na Favela do Rola

Na vizinha Favela do Rola, um policial militar foi baleado em uma das pernas por criminosos, na manhã deste sábado. Ele fazia patrulhamento na região quando foi atingido.

De acordo com a PM, ele foi socorrido para o Hospital Pedro II e está estável. Não há registro de confrontos na região, que também está com policiamento reforçado com apoio do 2° CPA.

?Sexto ônibus queimado na Zona Oeste esta semana

Com o incêndio dos quatro ônibus na madrugada deste sábado, sobe para seis o número de veículos queimados na Zona Oeste somente esta semana. De acordo com a Fetranspor, que repudiou a ação, foram 64 coletivos incendiados de forma criminosa no Estado este ano.

Os ônibus queimados nesta madrugada pertenciam à Auto Viação Palmares - dois da linha 840 (São Fernando X Campo Grande) e um da 849 (Base Aérea de Santa Cruz x Campo Grande) - e à Transportes Barra, linha 756 (Santa Cruz X Coelho Neto), todos na Avenida Antares. Os veículos estavam fora de operação e seguiam para seus respectivos pontos finais.

"O prejuízo do setor ultrapassa R$47 milhões desde janeiro de 2016, recursos que poderiam ser investidos em melhorias no sistema de transporte", disse a Fetransport em nota.

Ônibus incendiado em Santa Cruz%2C após mortes de criminosos em AntaresLeitor WhatsApp O DIA (98762-8248)


Últimas de Rio De Janeiro