Trânsito lento no primeiro dia útil com novas interdições na Avenida Brasil

Agulhas que foram criadas para o acesso à Penha e à Rodovia Washington Luiz, a partir das faixas invertidas na pista central da via, foram fechadas

Por O Dia

Rio - Motoristas enfrentaram trânsito lento, na manhã desta segunda-feira, em diversos pontos da Avenida Brasil. Este é o primeiro dia útil com novas interdições na via para as obras do BRT Transbrasil. As agulhas que foram criadas para o acesso à Penha e à Rodovia Washington Luiz, a partir das faixas invertidas na pista central da Avenida Brasil, foram fechadas no último sábado.

De acordo com o Centro de Operações, há retenções para o Centro, de Bangu até Realengo, de Deodoro até Coelho Neto, entre Parada e Bonsucesso e na altura de Manguinhos. 

Motoristas enfrentaram trânsito intenso na Avenida Brasil na manhã desta segunda-feiraCentro de Operações Rio

Para manter o acesso à Washington Luiz, foi aberta uma nova agulha, na altura da passarela 15, que fica aproximadamente um quilômetro antes da agulha provisória existente. Foi ainda implementada sinalização específica, além de painéis de mensagens variáveis, para orientar os motoristas.

Em direção a região da Penha, motoristas foram orientados a utilizar a agulha da pista central para lateral, na altura da passarela 9, e seguir pela pista lateral da Avenida Brasil no sentido Oeste até acessar o Viaduto da Avenida Lobo Junior. Outra forma de acesso ao bairro é o Viaduto da Transcarioca, que pode ser utilizado a partir das faixas invertidas das 7h às 20h de segunda-feira a sábado.

A nova agulha também dará acesso à Penha pela Avenida Guanabara até a altura da Casa dos Marinheiros, pelo Viaduto da Avenida Lobo Júnior.

Últimas de Rio De Janeiro