Prefeitura vai receber imagens de câmeras de segurança particulares

Decreto que regulamenta projeto foi publicado no Diário Oficial nesta sexta

Por O Dia

Rio - Proprietários de comércios e prédios residenciais vão poder contribuir com a segurança no Rio com a cessão de imagens de câmeras de segurança para a prefeitura. O Programa Municipal de Videomonitoramento vai receber gravações particulares para monitoramento das vias públicas e análise da mancha criminal. Um decreto foi publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial regulamentando o projeto, que já funciona em fase inicial.

Prefeitura vai receber imagens de câmeras de segurança particularesDivulgação

As imagens serão encaminhadas ao Centro de Controle Operacional (CCO), da Guarda Municipal. A equipe do Núcleo de Videopatrulhamento da GM vai analisar a qualidade das gravações levando em conta as estastísticas de crimes da região e a posição da câmera de segurança. A recepção das contribuições, no entanto, ainda deve passar por  estudos de viabilidade técnica do Centro de Operações Rio (COR), em parceria com o Iplan-Rio.

Pessoas físicas ou jurídicas interessadas em ceder imagens à prefeitura devem se cadastrar no site do COR (cor.rio), onde deverão registrar informações como a localização do equipamento e condições técnicas. As câmeras não serão necessariamente monitoradas em tempo real.

Atualmente, o Núcleo de Videopatrulhamento tem acesso a 800 câmeras da prefeitura e outras de parcerias privadas.

Últimas de Rio De Janeiro