Justiça decreta prisão temporária de suspeitos de atirar em turista em Angra

Eloise Dixon, 46 anos, foi baleada após entrar por engano em comunidade no início do mês

Por O Dia

Turista Eloise Dixon foi baleadaReprodução

Rio - O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decretou, nesta segunda-feira, a prisão temporária de quatro suspeitos de atirar em uma turista inglesa, em Angra dos Rei. Eloise Dixon, de 46 anos, foi baleada ao entrar por engano em uma comunidade, no último dia 6. Ela passou por uma cirurgia e está bem. 

A medida foi decidida pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Angra dos Reis. Os suspeitos de cometer o crime são Erivelton José dos Santos, Valber Oliveira, Jacson Lima Ferreira e Patrick Nogueira Silva. No entanto, apenas Jacson, também conhecido como 'JK', foi preso. Ele foi baleado em confronto, no dia 12, na comunidade de Sapinhatuba.

Relembre o caso

Eloise foi atingida por dois tiros no abdômen no início do mês. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a inglesa estava com o marido e os três filhos (o mais velho de 4 anos), na estrada Rio-Santos, quando pediram informações para saber onde se comprava água.

Por conta da dificuldade do idioma, eles teriam sido direcionados para a comunidade de Água Santa, também em Angra, onde há traficantes da facção Terceiro Comando Puro. A vítima foi socorrida no Hospital Geral da Japuiba. Segundo o delegado Bruno Gilaberte, da 166ª DP (Angra dos Reis), ela já está em condições de saúde para depor, mas tem medo de contar oficialmente o ocorrido.

Últimas de Rio De Janeiro