Novo equipamento em semáforo é testado

O equipamento foi instalado na Avenida Pasteur, em frente ao Instituto Benjamin Constant

Por O Dia

Rio - A Prefeitura do Rio começou a testar ontem um dispositivo que, quando acoplado ao semáforo, aumenta o tempo de abertura para pedestres com mobilidade reduzida, facilitando a travessia. O equipamento foi instalado na Avenida Pasteur, em frente ao Instituto Benjamin Constant, na Urca.

Para o funcionamento do dispositivo foram fornecidos cartões especiais a funcionários e pacientes do instituto. Eles também serão avaliadores do sistema. Quando encostado no equipamento, o cartão permite um tempo mais longo no sinal verde do semáforo. Outra funcionalidade é um acionamento especial no botão que vibra informando sobre a autorização da travessia e emite uma sequência sonora durante o percurso, garantindo mais tranquilidade aos pedestres.

"Estamos pensando na segurança dos pedestres durante as travessias, especialmente, dos que têm mobilidade reduzida. Este sistema inteligente vai garantir uma travessia com mais confiança e seguridade. A ideia é aplicar a tecnologia em outros pontos e beneficiar cada vez mais pessoas", explicou o vice-prefeito e secretário municipal de Transportes, Fernando Mac Dowell, que acompanhou o teste ontem, ao lado de técnicos da CET-Rio.

A previsão é que o equipamento se torne padrão nas ruas e atenda as quase 679 travessias de pedestres existentes na cidade.

Últimas de Rio De Janeiro