Polícia prende envolvido em roubos de carga no Arco Metropolitano

Segundo a DHBF, 'Jairo Negão' é suspeito de chefiar o tráfico de drogas na comunidade do Guandu e ser um dos líderes da facção criminosa ADA

Por O Dia

'Jairo Negão' é suspeito de chefiar o tráfico de drogas na comunidade do Guandu e ser um dos líderes da facção criminosa ADADivulgação

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, nesta quinta-feira, um suspeito de chefiar o tráfico de drogas, na comunidade do Guandu, em Japeri. De acordo com as investigações, Jairo Rodrigues Alves, o 'Paizão' ou 'Jairo Negão', é um dos líderes da facção criminosa Amigo dos Amigos (ADA).

O suspeito foi flagrado dormindo na casa de sua namorada, nesta manhã, na favela. A DHBF informou que ele tentou fugir, mas foi detido. 'Jairo Negão' é apontado como um dos responsáveis por roubos de carga no Arco Metropolitano, onde teria participado da morte dos seguranças Jones Souza da Silva e Benedito Charles da Silva, no dia 31 de maio. As vítimas faziam a escolta de um caminhão de carga quando foram abordadas por bandidos.

Segundo a DHBF, 'Jairo Negão' estava ainda envolvido no assassinato do vigilante Yago Aguiar de Sant'Anna, que fazia a escolta de uma carga de cigarros. O crime ocorreu no dia 17 de fevereiro, também no Arco Metropolitano. O traficante será ouvido pelos agentes e depois encaminhado para a Polinter.


Últimas de Rio De Janeiro