Servidores comemoram 1 ano da prisão de Sérgio Cabral

Sindicato levou um bolo para frente da Alerj ontem

Por O Dia

Rio - O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Rio (Sind-Justiça) levou um bolo para frente da Alerj ontem, em comemoração a um ano de prisão do ex-governador Sérgio Cabral que será completado na sexta-feira e a Operação Cadeia Velha.

Servidores comemoraram um ano da prisão de Sérgio CabralDivulgação

"Para a sociedade, é um momento de alegria ver que a cúpula da Alerj, que deu suporte às atividades criminosas de Sérgio Cabral e agora dá o mesmo suporte a Pezão, finalmente está respondendo por seus crimes", apontou o sindicato, na convocação feita pelas redes sociais. Cabral está preso na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, e é réu em mais de 13 processos como corrupção, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa.

Ele já foi condenado a 72 anos de prisão. No fim do mês passado, o Supremo Tribunal Federal suspendeu a transferência do ex-governador para um presídio federal em Mato Grosso do Sul. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal, e determinado pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, Marcelo Bretas, após audiência em outubro, em que Cabral declarou que a família de Bretas tinha negócios no ramo de joias, o que foi visto como ameaça pelo magistrado.

 

Últimas de Rio De Janeiro