Homem que desceu de paraquedas no Maracanã é detido

Caso ocorreu na final entre Flamengo e Independiente nesta quarta-feira

Por O Dia

Rio - O homem que desceu de paraquedas no Maracanã, momentos antes da final Sul-Americana entre Flamengo e Independiente, foi detido ainda na noite desta quarta-feira. Gustavo Areias foi levado para o Juizado Especial Criminal (Jecrim) por seguranças particulares do estádio. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), ele precisou pagar uma multa de R$ 10 mil.

Minutos antes de começar o jogo, Gustavo desceu no meio do gramado do Maracanã de paraquedas e levando uma bandeira da torcida organizada Raça Fla. Ele foi ovacionado pelos rubro-negros. Inicialmente, muitos torcedores acreditavam que a atitude do rapaz já era programada, mas a ação foi irregular. A descida foi considerada invasão e ele foi enquadrado no Estatuto do Torcedor. Ao todo, o Jecrim registrou 13 ocorrências durante a final.

Vandalismo, confronto e agressões marcam final

?Cenário de guerra. Este foi a percepção de quem foi assistir a final entre Flamengo e Independiente no Macaranã, na noite desta quarta-feira. Agressões, roubo, vandalismo marcaram a saída dos torcedores nos arredores do estádio. Pelo menos cinco pessoas foram presas após a confusão. 

Mesmo com o grande reforço no policiamento da PM feito pelos batalhões de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE), de Choque, Regimento de Polícia Montada (RPMont) e do 6º BPM (Tijuca), torcedores depredaram ônibus, invadiram o Maracanã e brigaram na região.

Bombas de efeito moral, gás lacrimogênio e jatos de água foram usados para dispersar os baderneiros, que respondiam com garrafas, fogos de artifício e sinalizadores. Sobrou até para quem somente tinha ido assistir com a família a partida.

Logo na chegada do time argentino ao Maracanã o ônibus da delegação foi depredado. Torcedores do Independiente foram agredidos por flamenguistas quando chegavam para a partida. 

Últimas de Rio De Janeiro