Novo restaurante japonês em Niterói

Restaurante Kimura destaca-se pelo cardápio variado, qualidade nos pratos e preço acessível

Por O Dia

Niterói - Há quase três anos, dois amigos que se conheceram porque os filhos frequentavam a mesma escola se arriscaram num negócio que deu super certo. Ricardo Carvalho, que sempre foi muito fã de comida japonesa, e Ricardo Oliveira - os nomes iguais foi só mais uma das afinidades entre os dois - resolveram montar um restaurante japonês.

A ótima apresentação dos pratos é um dos atrativos do restauranteDivulgação


Carvalho vinha da área de petróleo e Oliveira era dono de laboratório de análises clínicas. No início, cada um deles continuou na sua área trabalhando em dupla jornada, mas só até o Kimura exigir dedicação exclusiva. Ah! Tudo isso aconteceu na Tijuca, bairro onde os dois cresceram e fizeram suas vidas.

Depois do sucesso da casa, há três meses, os sócios decidiram inaugurar filial em Niterói, atraídos pelo bom astral de São Francisco. Carvalho, como bom consumidor de ‘japa’, criou o restaurante com tudo que sentia falta no segmento. O cardápio tem bastante variedade, qualidade e preço acessível. 

A apresentação dos pratos é cuidada, as combinações saborosas e, além dos clássicos sashimi, harumaki, sushi e rolls, eles servem uma boa quantidade de opções criativas. E tem também yakissoba, tempura e teppan, entre outros pratos. No almoço dos dias de semana tem menu executivo com opções de entrada, prato principal e sobremesa. Tudo é servido numa ambientação pra lá de gostosa, com o barulhinho constante da água que desce por uma das paredes.

Pode-se montar um combinado (R$55 o maior) com as peças que quiser - ao todo são 92 -, e até pedir o rodízio mais completo (R$84,90) para provar todas elas.

Começamos com um Salmão Tartare Cremoso delicioso e, depois, veio um Tempura Misto que, além de bem sequinho e gostoso, tem uma apresentação absolutamente linda. Para completar, pedimos um Hot Cítrico, combinação que me agradou muito.

Outro destaque bacana é a carta de cervejas super completa elaborada por Bárbara Cunha, beer sommelier da cervejaria Therezópolis. A gente encontra desde as japonesas Sapporo e Kirin Ichiban, passando por belgas ou alemãs, até a niteroiense Oceânica Easy Diver. Bárbara ainda sugere harmonizações. Eles também servem diversos saquês e vinhos. 

E os planos não param em Niterói. Até o final do ano, vão abrir uma loja no Shopping Nova América projetada por Ricardo Campos, nosso arquiteto mais badalado. O objetivo é fazer um Kimura modelo para gerar franquias.

Coluna da Suzana Blass

Últimas de Rio De Janeiro