Amor que fica marcado na pele

Conheça pessoas que eternizam seus bichinhos no corpo

Por O Dia

Niterói - Pode ser o nome do animal, as patinhas dele, a foto do bichinho ou a figura que o representa, não importa. O amor das pessoas pelos seus animais de estimação está à flor da pele. Literalmente. É que muitos deles eternizaram esse sentimento em forma de tatuagem. A empresária Larissa Almeida, de 28 anos, é uma delas. Ela tem um gato tatuado no braço esquerdo.

Larissa tem um gato tatuado no braço esquerdoDivulgação


Tutora de dois felinos, essa foi a maneira que ela encontrou de demonstrar o amor que sente por eles. A empresária tem Zeca, de 2 anos, e Juca, de 3, mas teve vários gatos.

A jornalista Renata Fortes tem três tatuagens que fez em homenagem ao seu poodle Fluke, com quem conviveu por 18 anos. Nesse período,ela ficou 8 anos sem viajar para cuidar com todo amor do mundo do peludo que tinha diabetes. Infelizmente, devido à doença, ele virou estrelinha e é essa uma das tattoos que ela tem no pé: a letra F dentro de uma estrela. Renata também tem patinhas na barriga e os nomes dos seus filhos tatuados em um dos braços: o de Fluke e do humano Cauã.

E ela e Larissa não estão sozinhas nessa. As redes sociais estão cheias de fotos de pessoas que tatuaram seus pets. Cada uma mais fofa que a outra. Mas, fofuras à parte, a diretora da Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro, Ana Mósca, alerta para os cuidados com as tatuagens.

O primeiro deles é procurar um tatuador conhecido. O uso de material descartável, como as agulhas, é obrigatório. Segundo a médica, caso contrário, há um risco grande da pessoa contrair hepatite B ou C.

Ela também avisa que na hora da tattoo a pele tem que estar limpa e não muito queimada de sol. Tem que usar pomada após fazer a tatuagem e não pegar sol por 15 dias. Tomados esses cuidados, é só escolher a figura e se preparar para sentir um pouco de dor. Mas por eles vale a pena!

Últimas de Rio De Janeiro