Sempre em busca de um novo caminho

Com 23 anos de trabalho, projeto Ecoando já tem mais de 300 trilhas visitadas no catálogo

Por paola.lucas

Niterói - Com tantas belezas naturais, Niterói e suas cidades vizinhas são verdadeiros points para os aventureiros. Trilhas de diversos níveis com paisagens encantadoras convidam a um passeio, ou melhor, passeios. Foi no embalo deste cenário que, em 1993, o guia Cássio Garcez, de 53 anos, criou o Ecoando - Ecologia e Caminhadas que já tem um catálogo com mais de 300 roteiros visitados. E para incentivar ainda mais a interação com o meio ambiente, Garcez agora quer tirar do papel o projeto Caminha Niterói.

O Ecoando realiza passeios em diversas cidades nos arredores de NiteróiArquivo pessoal / Cássio Garcez

O objetivo é promover caminhadas mensais gratuitas durante um ano, mas falta capital. “O custo total do projeto fica em torno de 20 mil reais. Serão 180 pessoas ao todo atendidas, 15 por grupo a cada mês”, disse o guia que agora aguarda resposta de possíveis patrocinadores.

Enquanto isso, o Ecoando prossegue o trabalho a todo vapor. Todo fim de semana um grupo de, no máximo 15 pessoas, se reúne para ‘encarar’ uma trilha. Eles realizam cerca de 50 caminhadas por ano por Niterói, Rio, Guapimirim, Maricá, Búzios, Cabo Frio, Teresópolis e por aí vai. A próxima saída está marcada para o dia 7 e maio, com destino ao Circuito APA de Massambaba, em Araruama.

Cássio Garcez explica que conhecer as trilhas junto com o grupo é uma experiência bem diferente de caminhar por conta própria. “Além de oferecermos mais segurança aos participantes, repassamos diversas informações sobre os locais que vamos. Temos um respeito muito grande pelas peculiaridades ambientais e sociais de cada lugar visitado, priorizando sua preservação e ensinando isso a quem caminha conosco”, destacou.

Tem duas formas de participar do grupo: pagando por caminhada ou se tornando um associado. O passeio avulso custa de R$ 60 a R$ 80, já a mensalidade para sócios custa de R$ 80 a R$ 110.

Últimas de Rio de Janeiro