Homem surdo-mudo fica com parte do braço preso em porta do metrô

Passageiro ficou com a pele do membro presa após a porta se fechar na estação Cristóvão. Ele foi atendido e seguiu viagem

Por O Dia

Rio - Um jovem surdo-mudo ficou com parte do braço preso na porta de um trem da Linha 2 do Metrô Rio, na manhã desta quinta-feira. O acidente aconteceu logo após a porta se fechar na estação São Cristóvão, na Zona Norte, quando a composição seguia para Botafogo, pouco antes das 8h.

O surdo-mudo encontrou dificuldades para expressar a quem estava próximo que tinha ficado com a pele do antebraço presa na porta e somente um passageiro que estava bem ao seu lado percebeu o motivo do sofrimento do jovem. O trem estava cheio, o que também dificultou a percepção dos outros passageiros.

Após constatarem que o homem estava com o braço preso, a emergência foi acionada pelos passageiros na Cidade Nova. Rapidamente os funcionários da concessionária abriram manualmente a porta e soltaram o braço do passageiro. Ele foi retirado da composição, recebeu os primeiros socorros e decidiu seguir viagem em um outro trem. 

A Metrô Rio informou que as portas das novas composições possuem um sistema que, ao detectar algo preso, elas sem abrem automaticamente. Mas, por se tratar somente da pele do braço que ficou presa, algo muito sensível, não foi possível o sistema ser acionado.  A concessionária também pediu que os passageiros fiquem atentos ao sinal sonoro que avisa do fechamento das portas, sempre antes das saídas das estações.

Na SuperVia, mulher perdeu parte do braço ao cair em vão

Mulher perde parte do braço ao cair na estação de trens da PenhaWhatsApp O DIA (98762-8248)

?Na última segunda-feira, uma passageira se acidentou e teve parte do braço amputado ao tentar na estação Penha Circular da SuperVia, na Zona Norte do Rio. A mulher, identificada como Jeyse M. de Souza, caiu no vão entre o trem e plataforma, por volta das 15h, quando tentava embarcar em uma composição que seguia com destino à Central do Brasil. 

O Corpo de Bombeiros e o Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFEr) foram acionados para socorrer a vítima. A passageira foi encaminhada para o Hospital Getúlio Vargas, também na Penha. O Procon autuou a concessionária por conta do acidente.

Em nota, a SuperVia informou que preza pela segurança dos passageiros e se utiliza de diferentes formas de comunicação para alertá-los sobre os cuidados que devem tomar ao utilizar o sistema ferroviário. " Entre as ações está o sistema sonoro dos trens, que indica o momento em que as portas estão se fechando com o intuito de evitar acidentes; adesivos que são colados junto às portas, orientando que os passageiros não apoiem as mãos nestes locais; além da disponibilização de faixas amarelas, alertando que os passageiros mantenham uma distância segura da linha dos trens quando aguardam as composições nas plataformas", diz um trecho do comunicado.

LEIA MAIS

Mulher perde parte do braço ao cair no vão entre trem e plataforma da SuperVia

Procon autua SuperVia por acidente que deixou passageira sem parte do braço

Últimas de Rio De Janeiro