Rio registra chuva forte e entra em Estágio de Atenção

Para as próximas horas, a previsão é de pancadas isoladas de chuva moderada a forte, com raios e rajadas de vento

Por O Dia

Rio - O Município do Rio entrou em Estágio de Atenção às 17h50 desta quinta-feira, à atuação de núcleos de chuva moderada a forte, formados pelo calor e a alta umidade do ar. Os núcleos atuam principalmente na Zonas Norte, Sul e no Centro do Rio. De acordo com o sistema Alerta Rio, para as próximas horas, a previsão é de pancadas isoladas de chuva moderada a forte, com raios e rajadas de vento. 

Registro de chuva forte no CateteReprodução Internet

Segundo o Alerta Rio, às 18h08  houve registro de chuva muito forte em Laranjeiras (16,8mm), Urca (14,2mm) e Copacabana (13,4mm), além de chuva moderada em Santa Teresa (6,8mm), Barra/Riocentro (3,4mm), Tanque (2,4mm), Cidade de Deus (2,2mm) e chuva fraca em diversos outros pontos da cidade.

A chuva forte registrada no início desta noite já deixa pontos de alagamento na Zona Sul. Às 18h45, a Rua do Catete foi interditada temporariamente devido ao acúmulo de água. Em Botafogo, as ruas Muniz Barreto, General Polidoro, Real Grandeza também sofrem com pontos de alagamento. Já em Copacabana, os passageiros enfrentam dificuldades na Rua Tonelero, na altura da Rua Siqueira Campos.

Registro de chuva forte em CopacabanaReprodução Internet

A quinta-feira foi marcada com céu parcialmente nublado. A temperatura máxima registrada foi 35,7°C em São Cristóvão e a temperatura mínima de 24,2°C no Alto da Boa Vista. A  maior sensação térmica foi de 40,4°C também em São Cristóvão. 

Chuva forte na Zona SulReprodução Internet

A prefeitura recomenda que a população tome as seguintes ações preventivas:

- Permaneça ou procure um local seguro. Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;

- Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa; 

- Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;

- Redobre atenção ao dirigir. Em caso de chuva, as pistas ficam escorregadias e podem conter bolsões d’água. Mantenha os faróis acesos;

- Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;

- Evite colocar o lixo nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias;

- Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação;

- Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 1746 (Central de Atendimento da Prefeitura);

Últimas de Rio De Janeiro