Por fabio.klotz

Rio Grande do Sul - Sem grandes dificuldade, o Grêmio bateu o Coritiba por 2 a 0, neste domingo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro após quatro rodadas. Everton e Luan fizeram os gols da partida, que marcou o retorno do atacante Kleber ao estádio tricolor.

Everton abriu o caminho para a vitória do GrêmioLucas Uebel / Grêmio FBPA / Divulgação

Com o resultado deste domingo, o Grêmio foi a 10 pontos e assumiu a ponta do Brasileirão por ter melhor saldo de gols que o arquirrival Internacional, que bateu o Santos na Vila Belmiro neste domingo. Já o Coritiba estacionou nos quatro pontos e acabou a quarta rodada na 14ª posição.

As duas equipes voltam a campo no meio da semana pela quinta rodada do Brasileirão. Na quarta-feira, o Coritiba recebe a Chapecoense, às 21 horas, em Curitiba. No dia seguinte, no mesmo horário, o Grêmio viaja a São Paulo para encarar o Palmeiras no Pacaembu.

O jogo

A partida nem bem começou e, aos dois minutos, o árbitro Sandro Meira Ricci paralisou a bola por conta de uma nuvem de pó branco que invadiu o gramado e atrapalhava a visibilidade. Antes dos 10 minutos, Coritiba e Grêmio já haviam dado os primeiros chutes. Leandro tentou pelo time alviverde e Edilson respondeu, mas faltou pontaria para os dois jogadores.

No retorno à Arena Grêmio após ter sido afastado e deixar o clube tricolor pela porta dos fundos, Kleber tomou cartão amarelo aos 12 minutos de jogo por segurar um adversário. Foi o terceiro do atacante do Coritiba, que está suspenso do próximo jogo no Brasileirão.

Melhor em campo, o Grêmio assustou o Coritiba aos 30 minutos, em chute perigoso de Everton. Dez minutos depois, o torcedor tricolor conseguiu soltar o grito de gol. Marcelo Hermes cruzou na marca do pênalti e Everton se antecipou para mandar para a rede.

Pouco antes do intervalo, o Coritiba viu o capitão Alan Santos cair por sentir dores na coxa e precisou queimar a primeira substituição. Para o lugar do meio-campista, o técnico Gilson Kleina optou pela entrada de Thiago Lopes.

Na segunda etapa, o time visitante tentou ameaçar no início. Aos cinco minutos, Gonzalez chutou fortemente e o goleiro Marcelo Grohe fez a defesa. Pouco depois, Gilson Kleina resolveu abrir o jogo e tirou César González para a entrada de Negueba.

Entretanto, a modificação facilitou a vida do Grêmio, que logo chegou ao segundo gol. Aos 22 minutos, Juninho parou bela jogada de Everton com falta na grande área e a arbitragem assinalou o pênalti. Na cobrança, Luan deslocou o goleiro Wilson e mandou no canto esquerdo.

O Coritiba ainda tentou descontar antes do término da partida, mas não teve sorte. Aos 26 minutos, Juan pegou de fora da área e mandou por cima. Já aos 33, João Paulo cobrou falta com muito perigo, mas a bola explodiu no travessão e saiu pela linha de fundo.

Você pode gostar